Image Alt

Clínica de Tratamento Para Dependência Química e Alcoolismo

Malefícios do cigarro para a saúde.

Em quase todos os ambientes que frequentamos, vemos pessoas que têm o péssimo hábito de fumar. Muitas dessas pessoas conhecem os riscos de fumar para o corpo, mas insistem em continuar usando essa substância.

O maior problema do tabagismo é o fato de conter nicotina, substância que causa dependência química. Isso significa que os fumantes têm extrema dificuldade em parar de fumar porque são literalmente “viciados”.

Estima-se que existam aproximadamente 50 tipos de doenças causadas pelo fumo, algumas das quais são mais leves e outras extremamente letais. Dados do Instituto Nacional do Câncer indicam que o tabagismo é responsável por aproximadamente cinco milhões de mortes por ano em todo o mundo.

Os danos causados ​​pelo fumo aparecem a curto e longo prazo. Entre os problemas que ocorrem rapidamente no corpo como consequência do uso de cigarro, podemos citar a redução da capacidade pulmonar, obstrução das vias aéreas e aumento do número de batimentos cardíacos por minuto.

Quando o uso do cigarro ocorre por vários anos, os danos à saúde são ainda maiores, pois há um aumento considerável em vários tipos de doenças graves, como câncer, principalmente pulmão, derrames, enfisema e ataques cardíacos. Acredita-se que 90% das pessoas que morrem de câncer de pulmão sejam fumantes. Além desses problemas, os fumantes podem desenvolver ou piorar problemas como pressão alta (hipertensão), diabetes, asma e desenvolver formas mais graves de tuberculose.

Vale ressaltar que, durante a gravidez, o tabagismo também pode desencadear vários danos, como aborto, aumento das chances de gravidez com desenvolvimento embrionário fora do útero, bebês com baixo peso e nascimento de crianças com retardo mental e problemas de desenvolvimento e aprendizado.

Fumantes passivos também sofrem danos à saúde
Fumantes passivos também sofrem danos à saúde

Os riscos de fumar, embora muitos pensem o contrário, não afetam apenas os fumantes. Fumantes passivos, ou seja, pessoas que convivem com fumantes, também são expostos à fumaça gerada pelo cigarro e, conseqüentemente, a substâncias nocivas à saúde. Portanto, todas as doenças mencionadas podem ser adquiridas por quem vive exposto ao fumo.

Importante: A Lei nº 12.546 / 2011, também chamada Lei Anti-Tabagismo, proíbe as pessoas de fumar em áreas que são total ou parcialmente fechadas. Esta lei garante um ambiente mais limpo para quem não usa esta substância.

Post a Comment